quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Prefeito Campos dos Goytacazes Rafael Diniz visita Porto do Açu

Objetivo da visita foi conhecer os potenciais econômicos do Porto e realizar aproximação



























O prefeito Rafael Diniz esteve nesta quarta-feira (15) no Complexo Portuário do Açu, em São João da Barra, onde visitou diversas instalações do empreendimento. O objetivo da visita foi conhecer os potenciais econômicos do Porto e realizar uma aproximação, a fim de viabilizar parcerias que ajudem no desenvolvimento de toda a região, através de geração de emprego e renda.

A visita teve início com a exibição de um vídeo institucional apresentado pelo coordenador de Relações Institucionais do Porto do Açu, Caio Cunha. “Este nosso encontro foi muito importante. O desenvolvimento de Campos, São João da Barra e de toda a região Norte Fluminense depende deste relacionamento e do alinhamento entre Porto e poder público. A visita de hoje cria alicerces com a administração municipal de Campos para proporcionar um trabalho estruturante de desenvolvimento regional integrado”, disse Cunha, lembrando que o Porto do Açu tem cerca de 4.500 colaboradores e uma média de 50℅ são moradores de Campos.

O prefeito Rafael Diniz, que esteve acompanhado da vice-prefeita Conceição Sant’Anna, da primeira-dama Carolina Diniz e de membros da equipe de governo, conheceu o Terminal de Minério de Ferro (Ferroport) e o Terminal Multicargas (T-MULT).
— Gostaria de agradecer a oportunidade de estar aqui e poder conhecer de perto esse empreendimento, que é tão importante, não só para Campos, mas para o fortalecimento de toda a região. Nós não podemos pensar somente na nossa cidade, mas sim no desenvolvimento regional. Eu quero me colocar como parceiro enquanto cidadão e, também, enquanto prefeito de Campos, para que possamos firmar parcerias que gerem emprego e renda para todos — afirmou Rafael Diniz.
Também presente à visita, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Victor de Aquino, lembrou que o Porto pode ser um dos caminhos para a diminuição da chamada “royalties dependência”.
— O Porto do Açu é a redenção do Norte Fluminense, em especial Campos e São João da Barra. Hoje nós temos uma Campos focada nos royalties e o prefeito Rafael Diniz sempre deixou claro que busca uma cidade para além dos royalties e o Porto do Açu, assim como o Complexo Logístico Farol/Barra do Furado, é um dos caminhos mais viáveis. São muitas empresas querendo investir, o que levará recursos para Campos e toda a região — explica Victor.
ESTATÍSTICAS – O Porto do Açu iniciou 2017 com um número recorde de movimentações de embarcações. No mês de janeiro foram registradas 129 embarcações nos dois terminais do empreendimento (T1- offshore e T2 – onshore). O montante é o maior já registrado no Porto do Açu e representa 12 embarcações a mais do que o registrado no último recorde, em outubro do ano passado. Entre as embarcações que passaram pelos terminais estão navios tipo Capesize, SuezMax, PSV e plataformas, além de comboios formados por rebocadores e barcaças, entre outros.
O ano de 2016 também foi expressivo em relação ao número de embarcações movimentadas. Ao longo de todo o ano passado, o Porto do Açu recebeu um total de 966 embarcações comerciais. O número é mais de quatro vezes maior do que o registrado no ano anterior (209). O acompanhamento da movimentação é realizado desde o final de 2014, quando o empreendimento começou a operar.

 



Nenhum comentário:

Postar um comentário