quarta-feira, 15 de março de 2017

Conta de luz fica em média 6,51% mais barata a partir desta quarta-feira

Redução beneficia consumidores de Campos e dos outros 65 municípios 

fluminenses atendidos pela Enel.























As tarifas de energia elétrica nos 66 municípios do estado do Rio atendidos pela Enel (antiga Ampla) serão reduzidas, em média, em 6,51%. A lista inclui Campos e os municípios do Norte Fluminense. O reajuste, anunciado nesta terça-feira (14) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), já passa a valer nesta quarta-feira (15) e reflete principalmente o menor custo com a compra de energia no país. Para os consumidores de baixa tensão, em sua maioria clientes residenciais, a redução no preço da conta de luz será em média de 6,24%. Para os clientes de média e alta tensão, a redução será em média de 7,12%.

Segundo o diretor de Regulação da Enel no Brasil, José Alves, esta redução poderia ser menor se não fosse pelo furto de energia – popularmente conhecido como gato. “As perdas não técnicas da Enel Distribuição Rio, causadas por furto de energia, sobre o mercado de baixa tensão da companhia chegam a 24%”, afirma Alves.
Atualmente, o índice geral de perdas da Enel é de 19,38%. Isto significa que quase 1/5 de toda a energia distribuída pela empresa é desviada por meio de ligações irregulares, fenômeno que pressiona o valor das tarifas, fazendo com que os consumidores regulares paguem mais do que pagariam se os índices de furto não fossem tão elevados.
Da conta de luz, 21,1% se destinam ao serviço de distribuição de energia operado pela Enel. Ou seja, numa conta de luz no valor de R$ 100, apenas R$ 21,1 são destinados à distribuidora, para operação, expansão e manutenção da rede de energia elétrica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário