sábado, 11 de março de 2017

Em acordo na Justiça, Prefeitura de São João da Barra pagará R$ 1,2 mi para terceirizados da M&M

Postado por: Leonardo Ferreira

titulo da notícia
Um acordo firmado ontem (08), na Justiça do Trabalho, definiu que a Prefeitura de São João da Barra - Governo Carla Machado - deverá pagar a importância de R$ 1.180.468,87 (Hum milhão, cento e oitenta mil, quatrocentos e sessenta e oito reais e oitenta e sete centavos), referente a dívida deixada pelo Governo Neco com os funcionários terceirizados da empresa Mothé&Mothé (M&M).
A dívida deixada por Neco é referente aos trabalhos de 670 servidores nos meses de abril e maio de 2016. O valor, segundo acordo, deverá ser pago até o próximo mês de junho. 
"Fico feliz em poder fazer justiça aos funcionários que trabalharam e que estão sem receber há 11 meses", disse a Prefeita Carla Machado (PP), ressaltando ainda que espera a compreensão de todos neste início de governo, "pois tem sido muito difícil. Até mesmo programas importantes criados por nós e que gostaríamos de estar implementando, estão prejudicados devido ao endividamente da máquina administrativa", concluiu. 
PORTLIMP / LIMPORT - No mês passado, a Justiça do trabalho determinou que a Prefeitura de São João da Barra pague R$ 800 mil a empresa Portlimp / Limport referente aos encargos trabalhistas dos terceirizados da empresa que prestou serviços ao município no ano de 2016, quando o contrato foi encerrado abruptamente pelo então Prefeito Neco (PMDB). A dívida ficou para a atual gestão, Governo Carla Machado. Leia a matéria completa clicando aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário