quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Com salários parcelados, servidores planejam protesto contra a ‘Ceia da Miséria’

O Movimento cobra do governo que reveja o calendário previsto para o pagamento de boa parte do funcionalismo




Depois do ato desta terça-feira realizado em frente à Assembleia Legislativa (Alerj), o Movimento Unificado dos Servidores planeja novo protesto contra o parcelamento do salário de novembro. A ideia é fazer a “Ceia da Miséria”, na sexta-feira, dia 23, no Largo do Machado. Serão servidos aos presentes pão e água. A ideia é sair em caminhada em direção ao Palácio Guanabara, em Laranjeiras.
O Movimento cobra do governo que reveja o calendário previsto para o pagamento de boa parte do funcionalismo. A previsão anunciada na última sexta-feira é de pagamento em nove parcelas. Apenas duas serão depositadas em 2016. O restante será quitado em janeiro de 2017.
Veja o calendário anunciado pelo governo do Rio:
23/12/2016 R$ 370
29/12/2016 R$ 270
03/01/2017 R$ 250
05/01/2017 R$ 350
09/01/2017 R$ 500
11/01/2017 R$ 350
12/01/2017 R$ 2.900
13/01/2017 R$ 1.300
17/01/2017 Restante

Nenhum comentário:

Postar um comentário