quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

MUNICÍPIOS DO LIXO AO LUXO!!

DO LIXO

AO LUXO

Parece quase que um senso comum, ou mesmo uma PERFORMANCE o fato de muitos prefeitos na região Noroeste Fluminense licitarem e terceirizarem o lixo em seus municípios. De fato a febre faz com que os chefes do Executivo gastem milhões de Reais somente para ser colhido o lixo em suas respectivas cidades. Quando se diz somente para colher, dizemos pois em verdade o lixo das cidades segue o velho ditado: “esconder debaixo do tapete”, neste caso seria esconder o lixo no interior nos malsinados “lixões” que se localizam na zona rural. E o meio ambiente como fica? Fica sim...cada vez mais poluído, contaminado, tudo em troca de “benesses” que são distribuídas para os empreiteiros que vivem do luxo brotado do lixo. Não se vê falar em aterro sanitário, em usina de reciclagem, somente se fala em colher o lixo e levar embora o dinheiro público jogado pelo ralo.

Cidades como Itaperuna, Natividade, Porciúncula, Laje do Muriaé, Italva, Cardoso Moreira, Bom Jesus do Itabapoana etc e tal estariam sendo convidadas para integrar a PERFORMANCE de coletar lixo e destruir o meio ambiente. Dentre esses municípios, alguns, os menores estariam animados a pagar cerca de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais por mês) o que renderia ao fim de quatro anos a bagatela de quase dez milhões de reais...ora, com esse dinheiro se construiria um hospital que em muitos casos, nesses municípios é uma necessidade gritante para cuidar das pessoas.

Se a dita PERFORMANCE se instalar na administração valerá a pena pensar por qual motivo um gestor “doa” para uma determinada empresa o lixo que depois da alquimia  da imoralidade administrativa se converte em luxo para todos os lados. Infeliz do administrador que se agregar a PERFORMANCE do lixo, pois pode saber que:

“Quando a esmola é demais, o santo desconfia”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário