terça-feira, 20 de junho de 2017

SESSÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE ITALVA FOI MOVIMENTADA


A Contribuição de Iluminação Pública e a Coleta de Lixo voltaram  a ser assunto na tribuna da Câmara Municipal de Italva. Em pronunciamento na sessão desta terça-feira, dia 20 de junho, o vereador Gerlindo Motoka  cobrou da Câmara posicionamento quanto à revogação da Lei que criou a taxa de iluminação pública criada em 2009 e o Vereador Alcirley Lima solicitou ao Executivo que revogasse a cobrança da taxa  na Zona Rural onde a Companhia de Energia ainda não  instalou os postes de iluminação, já o Vereador Motoka enviou Requerimento solicitando que seja totalmente revogada sem cobrança nas áreas urbana e Rural, pois no entender do vereador a responsabilidade é da Prefeitura. Vereador Motoka também questionou que quase todas as respostas dos Requerimentos o teor é o mesmo “esperando recursos”.

O lado cômico da sessão foi quando o Vereador Wilson Nogueira usou a tribuna e por várias vezes se referiu ao Chefe do  Executivo como Prefeito, se esquecendo de que quem foi eleita em 2016 foi uma Prefeita, Exma. Margareth Soares e não um Prefeito como afirmou o vereador Wilson Nogueira.

Foi aprovado um Requerimento solicitando aumento do ticket de alimentação, que hoje é de R$ 80,00, passando para R$ 150,00.

O Presidente da Câmara Vereador Claudiney Mello, usou a tribuna questionando sobre a Empresa de Lixo, pois no entender do Presidente os serviços de coleta de lixo eram realmente necessários para os três primeiros meses de governo, devido à cidade naquele momento encontrava-se com acúmulos de lixos.

Passados seis meses, hoje ele entende que é desnecessário a dar continuidade aos serviços da Empresa, pois os valores na ordem de R$ 230.000,00 (duzentos e trinta mil reais),  mensal é muito caro para os cofres públicos. No entender do Presidente a Prefeitura Municipal tem que assumir a coleta de lixo e com isso irá sobrar dinheiro para fazer o tão sonhado convênio com o Hospital São Jose do Avai e com isso o  Presidente foi aplaudido de pé por todos que estavam nas dependências da Câmara Municipal de Italva.

Muito desgastante ver pessoas amigas passarem dias no Pronto Socorro aguardando vagas para internação e  muitos vindo a óbitos e com isso perdendo vidas que poderiam ser salvas  com este convênio.




PRONUNCIAMENTO DO PRESIDENTE DA CÂMARA CLAUDINEI MELLO








Nenhum comentário:

Postar um comentário