sexta-feira, 12 de maio de 2017

CENTERJ – CENTRO DE TREINAMENTO DA EMATER RIO EM ITALVA COM ENERGIA CORTADA POR FALTA DE PAGAMENTO APROXIMADAMENTE 90 DIAS


Com faturas acumuladas, a concessionária de energia que atende a região, cortou o fornecimento de energia da CENTERJ – Centro de Treinamento da Emater Rio em Italva. Segundo informações o corte foi efetuado devido ao não pagamento de faturas por parte do Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Logo após a posse do Deputado Estadual Jair Bittencourt como Secretário de Estado de Agricultura, onde na ocasião ele anunciou que o  município de Italva, no Noroeste Fluminense, será a segunda sede da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, o fornecimento de energia foi cortado e a sede está aproximadamente 90 dias sem energia.

O Secretário de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, Jair Bittencourt, que esteve na cidade, em sua primeira visita como secretário, anunciou que o objetivo da segunda Sede  é criar parcerias com municípios do Noroeste Fluminense para promover todo o interior do Estado.

O Centro de Treinamento da Emater Rio conhecido  como um cartão postal na Cidade de Italva,  hoje encontra-se na escuridão.

Vários maquinários do Estado se encontram naquele local correndo o risco de serem furtados devido à escuridão, tais como: 21 patrulhas mecanizada, 10 caminhões pipa, 07 rolos compactadores, etc... sendo, num total de 220 maquinários que se encontram ali guardados no pátio da Emater Rio.

Uma vergonha para Secretário de Estado Jair Bittencourt e para o Governo do Estado o acontecido, pois o mesmo juntamente com a  presidente da Emater-Rio, Stella Romanos e sua equipe,  se reuniu  no dia 13 de fevereiro em Italva com diversas  autoridades do município e da região onde assinou um protocolo de Intenções  implantando o Condomínio Agroindustrial, que irá abarcar diversos programas que estão disponíveis para o setor, além de parcerias que serão firmadas para a indústria, trazendo desenvolvimento para os municípios, sendo que, o desenvolvimento chegou na ESCURIDÃO.


Nenhum comentário:

Postar um comentário