quinta-feira, 11 de maio de 2017

Dia de Higienização das Mãos é lembrado na Fundação Cristiano Varella - Muriaé - MG

A data de 05 de maio é reservada no calendário como "Dia Mundial de Higienização das Mãos". Atualmente, programas que enfocam a Segurança do Paciente nos serviços de saúde tratam como prioridade o tema da higiene das mãos. 

Para destacar a importância desta atitude, o Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH) do Hospital do Câncer de Muriaé da Fundação Cristiano Varella realizou na semana passada, na quinta (04) e sexta-feira (05) uma campanha dentro da instituição. 

Todos os setores que prestam assistência direta ao paciente receberam uma inusitada visita para serem conscientizados e receberem treinamento sobre a prática de higienização das mãos e sua relevância. 

Um mascote - uma mão gigante infestada de bactérias -, foi criado com apoio do Serviço de Processamento de Roupas para impactar a mobilização. Para confecção do mascote a Fundação Cristiano Varella recebeu apoio também da Loja de Couros Itaqui Plástico de Muriaé. Uma "Caixa Mágica" foi produzida, com a ajuda do setor de Manutenção Elétrica do hospital, para enriquecer ainda mais a abordagem. Adesivos sobre o tema foram distribuídos em todos os setores, no final de cada apresentação. Plaquinhas com frases divertidas sobre o tema foram preparadas para darem um toque especial às fotos. 

Todos os anos a data é lembrada, com ações mobilizadoras e de capacitação aos profissionais, pela instituição. De acordo com as enfermeiras do SCIH o público interno foi bem receptivo à campanha, dando uma resposta participativa à ação de conscientização.

Higienização das mãos é um desafio 

Embora a higiene das mãos seja a medida mais importante e reconhecida há muitos anos na prevenção e controle das infecções nos serviços de saúde, incluindo aquelas provocadas por microrganismos multirresistentes, promovendo a segurança dos pacientes, profissionais e usuários dos serviços de saúde, colocá-la em prática ainda é um desafio. Estudos sobre o tema avaliam que a adesão dos profissionais à prática da higiene das mãos de forma constante e na rotina diária ainda é insuficiente. Dessa forma, é necessária uma especial atenção de gestores, administradores dos serviços de saúde e educadores para o incentivo e a sensibilização do profissional de saúde à questão. 
Todos devem estar conscientes da importância da higiene das mãos na assistência à saúde para a segurança e qualidade do cuidado prestado. 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estimula a melhoria das práticas de higiene das mãos em serviços de saúde para combater a resistência microbiana aos antimicrobianos. Nesse ano, o tema da campanha mundial Salve vidas: higienize suas mãos, estimulado pela OMS e apoiado pela Anvisa é "Luta contra a resistência microbiana: está em suas mãos".

O Hospital do Câncer de Muriaé da Fundação Cristiano Varella agradece a Loja de Couros Itaqui Plástico e a todos que apoiaram a realização dessa iniciativa. 

(Fonte: site Anvisa)







 


Nenhum comentário:

Postar um comentário