sexta-feira, 5 de maio de 2017

Funcionários com salários atrasados paralisam atividades em hospital de São Fidélis

Atendimentos somente em casos de urgência.

Os funcionários do Hospital Armando Vidal, em São Fidélis, paralisaram as atividades nessa terça-feira (02) por tempo indeterminado. Os profissionais alegam estar com os salários atrasados. Apenas metade do efetivo está trabalhando.

Segundo o sindicato da categoria, os funcionários estão com dois salários atrasados e também não receberam o décimo terceiro salário de 2015 e 2016. Ainda de acordo com o sindicato, os trabalhadores só vão voltar a trabalhar quando os atrasados forem pagos. Estão funcionando normalmente os serviços de urgência e emergência, além do atendimento aos pacientes que já estão internados na unidade.

O grupo pede também que a Prefeitura de São Fidélis assuma a direção do hospital, que é filantrópico, e garanta o pagamento dos direitos trabalhistas dos funcionários.

Segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura de São Fidélis, a proposta inicial do governo era fazer uma intervenção no hospital, mas houve resistência da direção.

Ainda de acordo com a Prefeitura, o contrato assinado em 2014 com o hospital expirou em dezembro de 2016. Desde janeiro deste ano, o Poder Executivo tentou renová-lo através de vários meios, mas não conseguiu. A nota ressalta ainda que as dívidas com os funcionários são dívidas trabalhistas do hospital, que não dizem respeito nem à prefeitura nem ao atual governo.

A advogada do hospital disse à reportagem que aguarda o depósito de valores de uma dívida da Prefeitura. Segundo a advogada, esses valores estão sendo solicitados por vias judiciais e serão usados para pagar os salários atrasados dos funcionários. A Prefeitura nega estar devendo qualquer valor ao hospital.

Fonte: Folha de Italva

Nenhum comentário:

Postar um comentário